O que é?

A Colonoscopia é um exame destinado a examinar a totalidade do intestino grosso (cólon) e eventualmente obter fragmentos de tecidos para biópsia, extracção de pólipos ou outro tipo de intervenções.

É importante para o rastreio e diagnóstico precoce de lesões malignas ou pré-malignas, sendo eficaz para a análise das causas de sintomas como a perda de sangue nas fezes ou determinados tipos de diarreia.

A Colonoscopia Total cobre a totalidade do cólon (recto, cólon sigmóide, cólon descendente, cólon transverso, cólon ascendente e cego).

É necessária alguma preparação?

O utente tem de se apresentar para o exame com o intestino completamente limpo tendo seguido as instruções dadas no momento da marcação do exame. Esta condição deve ser confirmada pelo próprio antes de se iniciar o exame. É colhida ainda uma breve história clínica de modo a conhecer-se antecipadamente situações associadas a maior risco de complicações durante o exame que vai ser efectuado.

A duração do exame variável (média estimada de 20 a 30 minutos) e é executado após inspecção anal e realização de toque rectal. Se o exame for executado sob anestesia, não poderá conduzir nesse dia. Deverá também ser acompanhado por alguém caso o seu transporte for por táxi ou transporte público.

Informações Complementares

A colonoscopia é um procedimento muito seguro. No entanto existe a possibilidade de ocorrerem complicações raras (0,6-3 %), tais como:

· Hemorragia o risco é maior se na colonoscopia houver biópsias ou atos terapêuticos, tais como uma polipectomia. Em casos raros, a hemorragia poderá implicar a necessidade de uma transfusão de sangue;
· Perfuração risco variável conforme os estudos podendo necessitar de cirurgia para tratamento desta complicação;
· Anestésicas;

(A maioria das complicações são tratadas de forma conservadora, no entanto em situações muito raras poderá ser necessário a realização de uma intervenção cirúrgica)